domingo, 17 de junho de 2012

EBD: T02L12 - O JUÍZO FINAL


Escola Dominical - Esboços da EBD
As sete cartas do Apocalipse
A mensagem final de Cristo à igreja

O JUÍZO FINAL

Lição 5- 29 de Abril de 2012

Leitura Bíblica em Classe: Apocalipse 20.7-15

NO JUÍZO FINAL SÓ HAVERÁ CONDENAÇÃO, NÃO QUEIRA SER UM DOS RÉUS

1. PORQUE DEUS IRÁ SOLTAR O PRESO SATANÁS NO FINAL DO REINO MILENAR?

Apocalipse 20.7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão,

* Através dele, o povo do milênio terá a lealdade testada, assim como é feito com a igreja hoje

Malaquias 3.18 Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve.

  1.   Não podemos ignorar que desde o princípio quando Deus criou os seres angelicais, os criou dotados de um corpo espiritual com princípio inteligente e com capacidade de tomar decisões com relação a ele próprio e com relação a Deus.
  2.   Só que Deus quer do seu lado, para poder povoar e servi-lo tanto no plano celestial, como no plano terreno, aqueles que são fiéis e leais a Ele.
  3.   Uma coisa que passa despercebido por muitos, é que Deus faz testes de fidelidade para ver quem é leal a Ele, e, quem não for aprovado, estará fora do contexto de reino de Deus.
  4.   Lúcifer que tendo uma posição elevada no reino dos céus, foi infiel e traidor quando tentou enfrentar a Deus, e com isso foi reprovado junto com a terça parte dos anjos que aderiram a ele.
  5.   Assim foi com o primeiro casal terreno, Adão e Eva, que não passaram no teste de fidelidade pela desobediência.
  6.   Com Israel no deserto, o teste de fidelidade reprovou muitos que se levantaram contra Deus com as suas murmurações.
  7.   Da mesma forma a igreja também está passando por testes de fidelidade.
  8.   Basta entender que muitos são chamados e poucos são os selecionados, ou seja, poucos são aprovados nestes testes e os reprovados não poderão entrar para o reino de Deus.

2. PORQUE DEUS PERMITIRÁ QUE SATANÁS TENTE O POVO DO REINO MILENAR?

Apocalipse 20.8 E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha.

* Para mostrar que mesmo num ambiente perfeito tem quem se inclina aos enganos do diabo

João 8.44 Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

  1.   Assim é enfocado o reino milenar, um reino de paz onde as armas serão forjadas no fogo para se transformar em instrumentos agrícolas. (Isaías 2.4 E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear)
  2.   Os animais se tornarão herbívoros e amistosos (Isaías 11.7 A vaca e a ursa pastarão juntas, seus filhos se deitarão juntos, e o leão comerá palha como o boi.)
  3.   O animais peçonhentos se tornarão dóceis (Isaías 11.8 E brincará a criança de peito sobre a toca da áspide, e a desmamada colocará a sua mão na cova do basilisco.)
  4.   Haverá longevidade ( Isaías 65.20 Não haverá mais nela criança de poucos dias, nem velho que não cumpra os seus dias; porque o menino morrerá de cem anos; )
  5.   Um reino onde haverá o pleno derramamento do Espírito ( Isaías 2.28 E há de ser que, depois derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos velhos terão sonhos, os vossos jovens terão visões.)
  6.   Enfim, será um reino de fartura e bênçãos, sem nenhum ser maligno para tentá-los, mas mesmo assim, quando forem postos à prova com a soltura de Satanás, muitos deles serão persuadidos pelo mesmo, e, irão aderir a ele e se juntarão aos seus exércitos para a rebelião final contra Cristo, e dessa maneira serão reprovados e destinados com Satanás ao lago de fogo e enxofre.

3. PORQUE DEUS DEIXARÁ QUE EXERCITOS DE SATANÁS CERQUEM JERUSALÉM?

Apocalipse 20.9 E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou.

* Para nesta última batalha contra Satanás a vitória divina seja completa e definitiva

Romanos 16.20 E o Deus de paz esmagará em breve Satanás debaixo dos vossos pés. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco. Amém.

  1.   Satanás juntamente com todos os exércitos que ele arregimentou dos infiéis a Cristo, virá com toda sua fúria, mostrando que os mil anos de prisão, não fizeram mudar sua índole em nada, muito pelo contrário, virá pior ainda, e a sua ira é contra os povos que permanecem firmes na sua lealdade a Cristo.
  2.   Só que os propósitos de Deus com relação em selecionar os que demonstram fidelidade a Ele, chegou ao seu final, e, é a partir deste ataque de Satanás contra o povo de Deus, que será dado um basta definitivo ao Diabo.
  3.   Deus mandará um fogo devorador para um completo aniquilamento e não haverá nenhum meio termo nessa vitória divina.
  4.   Será uma cena da derrota final do mal que deverá ser extirpado da face da terra.
  5.   Os santos fiéis remanescentes de Cristo não terão como se defender desse ataque e só mesmo a intervenção divina poderá livrá-los.
  6.   Mas, a grande salvação deles é que o guarda de Israel não dormita e nem dormitará, assim como Ele defende e protege a Igreja de todas as investidas do inimigo.

4. PORQUE DEUS APÓS A DERROTA FINAL DE SATANÁS O LANÇARÁ NO INFERNO?

Apocalipse 20.10 E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.

* É para que o povo fiel do milênio habite em novos céus e novas terras livres de todo o mal

Isaías 65.17 Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão.

  1.   Satanás o anticristo o falso profeta e todos os que aderiram a eles, irão sofrer o castigo eterno por todos os males praticados desde o princípio do mundo.
  2.   Após o julgamento do trono branco, a terra sofrerá um grande processo de restauração e para isso Deus destruirá todos os vestígio do homem na terra para fazer tudo novo onde o povo selecionado do reino milenar irá habitar eternamente nesse plano físico. ( 2 Pedro 3.10 Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. )
  3.   Após todo esse processo de restauração será criado os novos céus e novas terras (Isaías 65.17 Porque, eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá mais lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão), ou seja, um Éden de grandes proporções para ser a habitação eterna de todos os que demonstraram lealdade a Cristo passando pelos seus testes de fidelidade.
  4.   Isso mostra que Satanás conseguiu prejudicar um plano menor no Éden, enganando o homem na sua queda, mas, Deus agora faz algo muito maior, ou seja, o novo Éden, e agora totalmente eterno e onde nunca mais o Diabo e os seus anjos e o pecado terão lugar.
  5.   Tudo isso será maravilhoso para o povo que viverá eternamente no plano físico, agora, imaginem a Igreja que estará no plano celestial com Cristo.

5. PORQUE DEUS EXECUTARÁ SEUS JUÍZOS SEM COMPAIXÃO E SEM MISERICÓRDIA?

Apocalipse 20.11 E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles.

* Para que todos os juízos divinos sejam executados com toda imparcialidade em sua justiça

Salmos 9.8 Ele mesmo julgará o mundo com justiça; exercerá juízo sobre povos com retidão.
  
  1.   Que bom seria se todos se dessem conta e acreditassem e temessem por esses acontecimentos que não são uma história de ficção ou fruto de alguém que os imaginaram.
  2.   Na verdade esses são fatos reais que estão registrados nas Escrituras Sagradas, a qual é a revelação das verdades divinas.
  3.   Para todos os que não dão importância a isso e todos os que professaram a fé cristã e não vigiaram e não estão vigiando, ou aqueles que acham que Deus só é amor mas não sabem que Ele é fogo consumidor; se soubessem o destino que os espera, certamente fariam grandes reflexões a esse respeito.
  4.   Quando no final do reino milenar o grande trono branco será o maior e mais terrível instrumento de juízo para todos que não quiseram Cristo e para aqueles que não foram leais e fiéis a Ele.
  5.   Ao se assentar nesse trono, Jesus não estará com vestes sacerdotais para interceder por qualquer que seja, grandes, pequenos, ricos, pobres, muito pelo contrário, Ele estará com vestes talares, ou seja, vestes de juiz, não para absolver, mas, para julgar e condenar cada um segundo as suas obras.
  6.   Não haverá parcialidade, compaixão ou misericórdia, pois todos que estarão diante do trono do juízo tiveram as suas oportunidades de salvação, e, as rejeitaram.

6. PORQUE DEUS DIANTE DE TODOS PERDIDOS ABRIRÁ LIVROS E O LIVRO DA VIDA?

Apocalipse 20.12 E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.

* Para que não haja qualquer argumento em tentar justificar os seus atos contrários a Deus

Mateus 7.22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
  
  1.   Os livros que serão abertos diante de cada um, e revelará tudo o que fizeram no sentido explícito ou oculto, e mesmo que se tente justificar no sentido de que fizeram o bem, com obras de caridade, ou qualquer outro tipo de conduta que achem ser um argumento de justificativa para receber o perdão, não será considerada, pois o homem pode praticar muitas coisas boas, mas, se não tiver o seu nome escrito no livro da vida, nada disso vai adiantar, pois, para ter o nome escrito nesse livro é preciso ter aceitado Cristo como o seu único e suficiente salvador.
  2.   Também o livro das obras e o livro da vida servirá para todos os que usam o evangelho como meio de comércio e enriquecimento próprio, pois não adianta pensar que ter templos lotados de almas vai ser um atenuante para justificar uma conduta corrupta e enganosa.
  3.   Deus não compactua com qualquer tipo de coisa ilícita praticada pelo homem, não importando se é um líder de renome, ou mesmo líderes de menor expressão.
  4.   Todos serão julgados e condenados e não adiantará dizer para Jesus que pregou no seu Nome, que expulsou demônios, que fez milagres e maravilhas com curas milagrosas.
  5.   Isso não justificará uma conduta falsa e corrompida, pois Jesus não reconhecerá nada disso, e os sentenciara a conviver com o Diabo no lago de fogo e enxofre por toda a eternidade onde o bicho não morre (Marcos 9.48 onde o seu bicho não morre e o fogo nunca se apaga).

7. PORQUE DEUS ENCARNARÁ OS MORTOS PARA O JUÍZO FINAL DO GRANDE TRONO BRANCO?

Apocalipse 20.13 E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.

* Para que todos saibam que a morte física não livrará ninguém e a morte não livra do juízo

Isaías 43.13 Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?
  
  1.   Aqueles que pensam que pelo fato de estarem mortos não irão ao juízo estão muito equivocados.
  2.   Como está escrito com relação aos mortos, não importando o tempo, lugar, se na terra, no mar, se foram cremados, nada disso vai impedir de estarem no juízo final em corpo, alma e espírito.
  3.   Pois o Senhor irá ressuscitar todos os seres perdidos, ou seja os que perderam o direito de salvação, pois todos terão que se apresentar no dia do juízo com toda a sua composição, ou seja, corpo, alma e espírito, para serem julgados e condenados segundo as suas obras.
  4.   Como está escrito (Filipenses 2.10 Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra), significa que todos os que resistem ao Senhor e não se rendem diante dele, nesse dia terão que fazê-lo quer queiram, quer não queiram.
  5.   Também conforme (Romanos 14.11 Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus), todos que não querem reconhecê-lo como Senhor, nesse dia terão que confessar diante de todos, que Jesus Cristo é o Senhor.
  6.   Que fique bem claro: ninguém pode escapar das mão do Deus vivo, como está escrito em ( Hebreus 10.31 Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo).

8. PORQUE DEUS IRÁ NEUTRALIZAR TODOS OS AGENTES DO MAL NO LAGO DE FOGO?

Apocalipse 20.14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.

* Para que a morte e o inferno não imponha mais terror a todos que habitarão no reino de Deus

1Coríntios 15.55 Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?
  
  1.   O anticristo e o falso profeta já haviam sido lançados no lago de fogo e enxofre e no final do milênio Satanás também ali será lançado, mas não somente eles, pois também todos aqueles que conheceram a palavra e tiveram Cristo na sua vida e não foram fiéis, também irão se juntar aos seres demoníacos que estarão presos e atormentados nesse lugar por toda eternidade.
  2.   Todos os que farão parte do reino de Deus, tanto o celestial, como o terreno, não terão nenhum ser maligno que possam trazer qualquer tipo de tentação ou contaminação, pois todos estarão encerrados nessas prisões eternas.
  3.   A vida eterna com Deus é só para os que demonstraram fidelidade e lealdade a Deus em qualquer circunstâncias que tenham vivido, pois seremos eternamente salvos para o louvor da glória de Deus.
  4.   Convém esclarecer algo a respeito de Satanás e o inferno.
  5.   Muitos tem ouvido de pregadores a respeito disso, que usando frases de efeitos e totalmente improcedentes, tais como, (vamos saquear o inferno) isso não existe pois o inferno atualmente está vazio, nos temos que saquear é as almas que estão perdidas nesse mundo físico presas por aquele que cega o entendimento, para que ninguém enxergue a luz do evangelho.
  6.   Outra frase que falam também é que Satanás faz reunião no inferno, e isso é totalmente absurdo, pois o que mais Satanás não quer é ser lançado no inferno, e, o inferno ainda encontra-se vazio pois todos os mortos perdidos estão num lugar intermediário reservados para o juízo final.
  7.   Reforça-se essa tese com relação a Satanás pela própria palavra que revela quem será os primeiros a serem lançados no inferno, que é o anticristo e o falso profeta.
  8.   Portanto, quando ouvirem pregadores dizendo, vamos saquear o inferno, satanás fez reunião no inferno, não de crédito a eles pois estão pregando mentira.

9. PORQUE DEUS LANÇARÁ NO INFERNO TODOS NÃO ACHADOS NO LIVRO DA VIDA?

Apocalipse 20.15 E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

* Para que todos os perdidos sofram uma perda infinita nas suas obstinações pela vida hipócrita

Apocalipse 21.8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicários, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.

  1.   Algo que precisa ser esclarecido a respeito do juízo final, a respeito do julgamento é que Jesus vai julgar de acordo com a obra de cada um.
  2.   Isso vem mostrar que haverá graus de juízo, ou seja nem todos vão para o lago de fogo e enxofre.
  3.   Isso foi o próprio Jesus que disse quando proferiu um juízo para Corazim e Betsaida.
  4.   Ele disse que se em Tiro e Sidom fosse feitas as maravilhas que estas duas cidades presenciaram ele teriam se arrependido.
  5.   E Jesus completa a palavra de juízo dizendo que para Tiro e Sidom haverá menos rigor, no juízo, do que para os de Corazim e Betsaida. Lucas 10.13,14.
  6.   Jesus também fala a respeito de Cafarnaum que foi palco de maiores milagres e permanência de Jesus em seu ministério, e aconteceu que não houve uma conversão em massa como era esperado por tudo que ouviram e viram.
  7.   Por essa incredulidade foi proferido um juízo contra eles, e mais ainda que no juízo final haverá mais tolerância no julgamento para os de Sodoma do que para os de Cafarnaum. ( Mateus 11.24 Eu vos digo, porém, que haverá menos rigor para os de Sodoma, no dia do juízo, do que para ti ).
  8.   Agora sobre os não achados no livro da vida, entende-se que esse livro é para ser mostrado para os crentes que perderam a sua salvação e foram riscados dele.
  9.   Não seria lógico mostrar para os pecadores que nunca foram escritos nesse livro. Eis aqui os crentes que vão ser lançados no inferno.
  10.   Os tímidos são os crentes que tem vergonha de revelar a sua fé em Cristo; tem vergonha de pregar ou falar do amor de Deus, e para esses Jesus disse: aquele que de mim se envergonhar eu o negarei diante do meu Pai e dos seus anjos.
  11.   Os incrédulos são os que andam por vista e não por fé. Não aceitam a palavra corretiva ou exortativa, andam de igreja em igreja buscando as quem tem as melhores propostas de prosperidade. Se não alcançam num lugar, correm para outro lugar, andam em busca de profecias do homem e não aceitam a verdadeira profecia vinda da palavra.
  12.   Os abomináveis está relacionado com os que andam na imoralidade, tais como, homossexualismo, lesbianismo, e essas práticas estão explícitas no meio cristão, onde sabe-se de membros de igrejas e Pastores e Pastoras envolvidos nessa prática, dirigindo igrejas afundados nessas abominações.
  13.   Os homicidas aponta para todos que usando de atitudes enganosas, exploradoras, corruptas, jugos pesados por doutrinas de costumes, e outros mais, lançaram e lançam muitas almas de volta para o mundo, praticando com essas atitudes o homicídio espiritual.
  14.   Os fornicarios envolve os que insistem em continuar amigados, ou amasiados sem se preocupar em regularizar sua situação com o casamento, também muitos que ainda namorando ou noivando praticam sexo sem nenhuma preocupação com seu destino eterno; envolve também os fornicarios espirituais, que ainda continuam amigados com o mundo e praticado as coisas pecaminosas do mundanismo.
  15.  Os feiticeiros envolve os que introduzem nos cultos seus fetiches, ou seja, uma variedade de parafernálias que se parecem com o que é usado em seções de feitiçarias, desfocando o povo de Cristo para esses objetos, os quais passa a ser objetos de idolatria. Aponta também para aqueles que estão nos púlpitos, mas envolvidos com maçonaria e outras seitas ocultas.
  16.   Os idólatras envolve aqueles que depositam a sua fé em líderes de igrejas, cantores, profetas, pregadores.
  17.   Também os que priorizam acima das coisas divinas, o seu time de futebol, novela, cães, gatos, ou bens materiais.
  18.   Os mentirosos envolve os que professam uma fé de boca, mas, o coração está distante do Senhor. Os que enganam o povo com o seu evangelho mercantil e corrupto, e exploram o povo usando o nome de Jesus, e outros tipos de mentira. Os mentirosos são filhos do Diabo e o destino de todos esses que se dizem crentes será o lago de fogo e enxofre.


INTRODUÇÃO

   1.   Nesta lição, veremos que a doutrina do Juízo Final tem base nas Escrituras; pontuaremos ainda que existirão vários tipos de julgamentos.
   2.   Definiremos o termo “trono branco” referindo-se ao juízo final; e, por fim, destacaremos duas coisas importantes: quais as bases do juízo divino e quem e como serão julgados os que participarem da segunda ressurreição.

   1.   A DOUTRINA DO JUÍZO FINAL
a.   Não são poucos os que não acreditam que Deus irá julgar e punir as pessoas ímpias num dia específico. Afirmam que, se Deus é amor, Ele jamais poderá sentenciar alguém para um castigo eterno.
b.   No entanto, a doutrina do juízo final não é fictícia (imaginária), mas real e verdadeira.
c.   Ela compõe uma das doutrinas que dizem respeito a eventos futuros anunciados pela Bíblia, como podemos ver:
                                         i.    No AT. Encontramos referências de que Deus haveria de trazer a juízo todos os ímpios (Gn 18.25; I Sm 2.10; Sl 7.8; 9.8; Sl 96.10,13; Sl 98.9; Ec 12.14);
                                        ii.    No NT. Os apóstolos, bem como o escritor aos hebreus também ensinaram que haverá um Dia onde o Justo Juiz julgará os pecadores (At 24.25; Rm 2.16; 3.6; II Tm 4.1; Hb 6.2; 9.27; Tg 2.13; Jd 1.6,15);
                                      iii.    O Senhor Jesus Cristo. O nosso Mestre, em muitos de seus discursos exortava os ouvintes que se arrependessem, porque Deus traria juízo sobre os que não se arrependessem (Mt 10.15; 11.22; 12.36; Mc 3.29).

   2.   O QUE NÃO É O JUÍZO FINAL
a.   Muitos intérpretes se confundem quanto ao juízo final, alegando que o tribunal de Cristo, o julgamento das nações, o julgamento de Satanás e o juízo do trono branco são um só julgamento e que acontecerão simultaneamente.
b.   Todavia, é necessário entender que não haverá apenas um julgamento, pois a Bíblia faz distinção entre estes e o juízo do trono branco, afinal de contas, eles acontecerão em tempos diferentes.
c.   Eis abaixo a definição dos julgamentos e o tempo que ocorrerão:
                                         i.    Julgamento dos crentes. Este será o julgamento a que serão submetidos os crentes salvos, logo após o arrebatamento da Igreja, para que cada um receba suas recompensas e galardões segundo ao seu envolvimento, trabalho e esforço na proclamação do Evangelho e na expansão do Reino de Deus (I Co 3.11-15; 2 Co 5.10).
1.   Biblicamente ele é denominado de Tribunal de Cristo (Rm 14.10; II Co 5.10).
2.   Este julgamento não tem como propósito condenar nenhum crente ao inferno, mas recompensar os que procederam de forma firme, constante e abundante na obra do Senhor (I Co 15.58; Hb 6.10).
                                        ii.    Julgamento das nações. É o julgamento a que serão sujeitas às nações da terra, logo após a Grande Tribulação, para que cada um receba a devida recompensa segundo o trato que dispensaram a Israel (Jl 3.2; Zc 14.2, 16-20; Mt 25).
1.   Este julgamento têm como objetivo disciplinar a comunidade internacional, levando-a a aceitar a soberania de Deus na História e o Senhorio pleno do Messias.
2.   Nesta ocasião, a besta e o falso profeta também serão julgados e lançados vivos no ardente lago de fogo e enxofre (Ap 19.20).
                                      iii.    Julgamento de Satanás. Após o término do Milênio, Satanás, que fora amarrado por mil anos, será solto (Ap 20.7).
1.   Ele sairá com a finalidade de enganar as nações que experimentaram do Reino de Cristo no Milênio a se insurgirem contra Cristo, porém, evidentemente não obterão êxito (Ap 20.9).
2.   Em seguida, o diabo será sentenciado a mesma sorte da Besta e do Falso Profeta, o lago de fogo e enxofre, onde será atormentado para sempre (Ap 20.10).

   3.   O QUE É O JUÍZO FINAL
a.   A Bíblia diz que o juízo final é o juízo do trono branco (Ap 20.11,12), que acontecerá logo após o diabo ser sentenciado e lançado no lago de fogo (Ap 20.10).
b.   Assim, João descreve o descreve: “E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles” (Ap 20.11).
c.   Este Julgamento, é totalmente diferente dos que vimos acima, pois a ele serão submetidos os mortos ressuscitados, na consumação de todas as coisas.
d.   O juízo final têm como objetivo retribuir a cada um segundo as suas obras (Ap 20.13).
                                         i.    “E vi um grande trono...”. A palavra “trono” (no grego hodierno, “thronos”), é usado no Novo Testamento como sentido de “trono real” (Lc 1.32,52), ou com o sentido de “tribunal judicial” (cf. Mt 19.28 e Lc 22.30).
1.   Percebe-se aqui que o apóstolo usa a figura da cena de um tribunal, para ensinar uma grande verdade espiritual no que diz respeito ao juízo.
2.   Aquele que a princípio veio para salvar os que nele cressem (Jo 3.16,17), viria agora para condenar os que não creram (Jo 3.18).
a.   “...um grande trono branco...”. A expressão “branco” do grego “leukos” significa: luminoso, brilhante. Este trono resplandece de pureza e de santidade divina, o que exige justiça, castigo, julgamento e retribuição. Esta brancura aponta para a incorruptibilidade daquele que está julgando (Ap 1.14; 19.11).
                                        ii.    “... e o que estava assentado sobre ele..” Na Bíblia, Deus é visto como Juiz.
1.   Ele pronunciou juízos nos tempos antigos, e, no fim desta era, continuará sendo o justo Juiz, só que esse juízo será realizado através do Filho (Jo 5.22).
2.   Disto nos assegura o apóstolo Paulo quando discursava no Areópago sobre o iminente juízo divino (At 17.31).

   4.   AS BASES DO JUÍZO FINAL
a.   O que temos no juízo final é um juízo inflexível e não um processo de julgamento humano onde alguém poderá sair absolvido.
b.   Mas, de que forma Deus julgará os homens? A Bíblia nos indica quais as bases do seu julgamento.
                                         i.    Juízo. A Bíblia deixa claro que Deus fará juízo a todos os homens ímpios num Dia específico, como vimos anteriormente.
1.   Assim como ele destruiu a terra com um grande dilúvio (Gn 6.11-13).
2.   Por conseguinte, também castigou severamente as cidades de Sodoma e Gomorra, com uma chuva de fogo de enxofre, retribuindo sua violência e perversão (Gn 19.24; Ez 16.49).
3.   Por isso de forma veemente Jesus usa estes dois exemplos do juízo de Deus no AT, para descrever o juízo futuro aos homens de toda a terra, que procederam com rebeldia a sua santidade (Mt 10.15; 24.37-39; 17.28-30).
4.   Ele os punirá com a segunda morte, que não é a aniquilação, mas o castigo eterno (Ap 20.15).
                                        ii.    Justiça. Esta expressão no grego é “dike” que veio a denotar “o que é direito”.
1.   A justiça de Deus é, em última instância, a sua santidade em ação.
2.   Portanto, Deus julgará os homens segundo a sua justiça que é perfeita.
3.   Logo, devemos entender que ele não inocentará o culpado, nem culpará o inocente (Na 1.3).
4.   Aos que pecaram sem Lei, estes serão julgados pela lei da consciência.
5.   E aos que pecaram sob a Lei, serão julgados por ela (Rm 2.12).
                                      iii.    Verdade. O apóstolo Paulo diz aos crentes que estavam em Roma que o juízo de Deus seria segundo a verdade (Rm 2.2).
1.   Isto significa dizer que este julgamento não será de acordo com as noções éticas dos homens, pois elas variam e são relativas.
2.   Mas, serão segundo os princípios de Deus que são absolutos e imutáveis (Mt 22.37-40).

   5.   QUEM E COMO SERÃO JULGADOS
a.   Sem dúvida alguma, o juízo de Deus é imparcial (Dt 10.17; II Cro 19.17).
b.   João nos diz assim da sua visão: “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras” (Ap 20.12).
                                         i.    “E vi os mortos...”. Está em foco aqui todos os mortos não salvos de todas as épocas. Eles ressurgirão em corpo para serem julgados (Ap 20.13,14).
1.   Esta é a segunda ressurreição que o profeta Daniel classifica como ressurreição para vergonha (Dn 12.2-b).
                                        ii.    “...e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida...”. Uma boa parte dos comentaristas dizem que “estes livros” de que se refere o texto contém os registros dos feitos de todos os homens, ou seja, seus atos, palavras e pensamentos (Ap 20.12; Mt 12.36; Rm 2.16).
1.   Mas, também nos diz o texto que o Livro da vida estará aberto nessa ocasião, provavelmente como evidência de que seus nomes não constam nele (Ap 20.15).
                                      iii.    “...segundo as suas obras...”. Como podemos ver os feitos dos homens serão submetidos ao olhar daquele que é “como chama de fogo”.
1.   Ele julgará cada um segundo as suas obras, porque no inferno há também grau elevado de sofrimento (Ez 32.21-23; Hb 10.29); após uma acurada investigação do Justo Juiz, nas obras, feitos, motivos, memória e consciência, confrontando tudo com o que está escrito em cada livro (Jo 12.48).
2.   Ali agora só há uma sentença: (Ap 20.15).
3.   Alguém se estremecerá, mas ali não haverá margem para erro, para indecisão, equivoco ou modificação.
                                      iv.    “E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo”. Quem não for achado inscrito no Livro da Vida, receberá o mais severo castigo: o lago de fogo.
1.   A Bíblia nos fala sobre a realidade desta punição eterna.
2.   Jesus se refere a este lugar como Geena, o nome aramaico do Vale de Hinom.
3.   Neste lugar os judeus apóstatas queimaram seus filhos a Moloque (II Rs 23.10) e os judeus do Novo Testamento fizeram dele um depósito de lixo municipal que ardia sob o fogo sem cessar.
4.   Daí, nosso Senhor fez alusão figurada a ele como o lugar do juízo final, o lago de fogo (Mt 5.22,29,30; 10.28).

CONCLUSÃO

   1.   Todo o pensamento dos julgamentos futuros está apoiado sobre o direito soberano de Deus de punir a desobediência e o direito pessoal do indivíduo de pleitear sua causa no tribunal.
   2.   Mas quem argumentará ser inocente diante daquele cujos olhos todas as coisas estão nuas e patentes (Hb 4.13)?
   3.   Paulo diz que os homens são indesculpáveis, ou seja, sem defesa (Rm 1.20).
   4.   Portanto, a doutrina do julgamento final e da recompensa dos ímpios, não pode ser desconsiderada, pois faz parte da doutrina das últimas coisas.
   5.   O Senhor a seu tempo, julgará o Anticristo, o falso profeta e Satanás e todos aqueles que amaram mais as trevas que a luz (Jo 3.19).

REFERÊNCIAS

STAMPS, Donald C. Bíblia de Estudo Pentecostal. C.P.A.D.
HORTON, Stanley M. Teologia Sistemática. CPAD
CHAMPLIN, R.N. O Novo Testamento Interpretado versículo por Versículo. HAGNOS.
ANDRADE, Claudionor de. Dicionário Teológico. CPAD.
VINE, W.E, et al. Dicionário Vine. CPAD.

Um comentário:

  1. Olá meus queridos irmãos. Paz e graça de Jesus.
    Parabéns pelo blog muito edificante. Eu acredito que; crescemos quando lemos, quando compartilhamos. Aprendendo uns com os outros, crescemos na graça e conhecimento da Palavra.
    Aproveito a oportunidade para compartilhar também meu blog. Contém ensinos, de crescimento, edificação e exortação, muitos poemas e algumas músicas tudo dentro do carisma evangélico.
    Ficarei feliz por vossa visita e muito mais ainda se nos seguir.
    Que Deus continue a abençoar-vos ricamente. Antonio Batalha.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 METAS DIÁRIAS DO VERDADEIRO CRISTÃO

1) Cultuar a Deus, o que inclui adoração profunda, renúncia, intercessão, leitura bíblica com meditação e, eventualmente, jejum.
2) Esforçar-se para conduzir pessoas a Cristo e, quando possível, estar em paz e comunhão com os irmãos (Hb 12.14), exceto quando estes se enquadrarem em 1 Coríntios 5.11.
3) Defender a verdade do Evangelho, mas com mansidão e temor (Fp 1.16; Gl 1.8; 1 Pe 3.15).
4) Refletir a cada momento se tem andado conforme a Palavra de Deus (Sl 119.105).
5) Estar preparado para o Arrebatamento da Igreja (1 Jo 3.1-3; 1 Ts 5.23).
6) Estar mais cheio do Espírito Santo hoje do que ontem (Ef 5.18, gr.).
7) Ler bons livros, principalmente de autores que amam a Jesus e respeitam a sua Palavra.

Todo Dia Fm 106,5

Tododia 106,5 FM - Frequência Feliz!

KerYgma Chat

PARA PARTICIPAR DO CHAT SIGA AS INSTRUÇÕES:
1-Digite seu nome no espaço onde esta escrito apelido.
2-Click em Conectar.
3-Seja bem vindo a Família WebRábio KerYgma!!!

Passa Tempo

Hamster virtual

CHAT PERMANECER EM JESUS

Pedidos de Oração

------>LOCAIS ONDE O KERYGMA EVANGÉLICO JÁ ALCANÇOU?<------

----------------------------------->CURSOS ON LINE<---------------------------------

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More